Ex-meia, Leonardo, revela em entrevista que quase foi Diretor de Futebol do Flamengo

Ex-jogador e agora dirigente, Leonardo abriu o jogo sobre ainda não ter trabalhado no Flamengo. O Diretor de Futebol revelou que teve conversas com vários presidentes rubro-negros e explicou o motivo de as negociações não darem certo.

“Essa conversa existiu com vários presidentes, com várias pessoas que trabalharam no clube e em vários momentos. E isso sempre foi motivo de grande prazer, até porque nasce de uma identificação, de uma relação. Uma coisa que me curava um pouco a distância (do Brasil) era esse contato. E outros contatos que tive no Brasil “, disse Leonardo, ao GE.

Aos 54 anos, Leonardo deixou claro prazer que tem ao se ver ligado ao Flamengo. Em outro trecho da entrevista, o diretor também externou o desejo de um dia trabalhar no Brasil: 

“No fundinho, acho que se não acontecer eu vou morrer frustrado. Porque eu tenho muita vontade de um dia viver isso”, finalizou o ex-jogador Campeão Mundial em 1994.

Na gestão do atual presidente Rodolfo Landim, o Flamengo tem Marcos Braz como vice-presidente de futebol do clube. Na hierarquia, abaixo, está Bruno Spindel, como diretor-executivo do Fla. Ainda na relação direta com o elenco, Fabinho Soldado e Juan são os gerentes de futebol e técnico do Mais Querido.

Atualmente, Leonardo curte férias no Brasil. O ex-jogador e agora Diretor de Futebol tem residência na Itália. Vale destacar que o dirigente mora no estrangeiro há 30 anos, com passagem como diretor por PSG (FRA) e Milan (ITA), além de treinador no mesmo Milan e na Inter de Milão (ITA).

Fonte: Coluna do Fla

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *